Contas digitais para menores de 18 anos: descubra 4 opções para seu filho

Jovem adolescente loiro com dinheiro na mão e celular

Conteúdo

Bradesco Click conta

Já ouviu falar nas contas digitais para menores de 18 anos?


Se você tem filhos nessa faixa etária, provavelmente tem grandes preocupações com o futuro daquela pessoinha que “parece que nasceu ontem”, mas, na verdade, já é quase um adulto.


É tempo de pensar no primeiro trabalho, na faculdade, nas amizades e claro: em como esse jovem vai gerenciar seu próprio dinheiro.


Essa preocupação não é a toa.


Tendo em vista que uma pesquisa do SPC Brasil feita em 2019 revela que 47% das pessoas da chamada Geração Z, que tem entre 18 a 25 anos, não faz controle de seus gastos.


As contas digitais são uma forma do adolescente ou jovem controlar melhores suas receitas e despesas, fazer investimentos e dessa forma ter uma vida financeira mais saudável quando chegar na fase adulta.


Saiba agora como funcionam os bancos digitais para menores de 18 anos, os benefícios de oferecer esse serviço a seu filho e quatro opções diferentes de contas.


É só continuar a leitura!








Como funcionam as contas digitais para menores de 18 anos?



De forma geral, essas contas digitais funcionam da mesma maneira que as tradicionais, ou seja, sem muitas burocracias para abrir ou gerenciá-las.


Porém, como os menores de 18 anos (exceto emancipados) não são responsáveis por si perante a lei, além dos documentos pessoais do jovem como CPF e RG, também são necessários a apresentação dos documentos dos pais e uma autorização para a abertura da conta.


Outro ponto importante que você deve saber é que no Brasil não é permitido a liberação de crédito a pessoas menores de 18 anos, por isso, o jovem não terá acesso a serviços como: cartão de crédito, empréstimos, financiamentos, etc.



Quais os benefícios para os menores?


três adolescentes colocando dinheiro dentro de um cofrinho de porquinho

Talvez a autonomia seja um dos maiores benefícios, já que ao possuir uma conta, o menor poderá fazer investimentos, compras e gerenciar seus próprios ganhos sem ter que ficar pedindo dinheiro aos pais a todo momento.


Uma dica bem interessante neste sentido é estipular um valor de mesada para o menor e combinar que ele terá que “se virar” com aquele dinheiro até o final do mês.


Claro que os responsáveis irão suprir necessidades básicas como: alimentação, contas da casa e escola, mas se o jovem quiser ir ao cinema, por exemplo, o ideal é que tire da mesada, assim começará a entender que o dinheiro é escasso e se quiser algo maior terá que poupar.


Agora, conheça alguns dos bancos digitais para menor de 18 anos.


Inter Kids


Essa é a opção do Banco Inter, é bem simples de operá-la. Para abrir uma conta é só preencher a data de nascimento no aplicativo e você será encaminhado para a opção para jovens e crianças.


É necessário enviar RG, documentos dos pais, selfie e pronto!


Conta criada!


O jovem poderá fazer poupança, investir em CDBs e até em Fundos de Investimentos e Previdência Privada.


Next Joy


A opção do Banco Next é a Next Joy.


Para fazer uma conta é necessário que o pai ou responsável também tenha uma conta no banco, um dos diferenciais é a educação financeira, já que a Next oferece recursos didáticos para ensinar seus filhos a lidar com o dinheiro.


Outro atrativo é a possibilidade de monitoramento por parte dos pais.


PicPay



O PicPay também disponibiliza uma conta digital para menores, nela é possível: pagar contas, comprar créditos para celular, recarregar cartão de transporte, etc.


Outra vantagem é que ao adicionar dinheiro no aplicativo, ele já começa a render automaticamente e o valor supera a poupança.


Para abrir a conta, é só baixar o aplicativo e preencher dados pessoais, enviar fotos dos documentos do menor e responsável, e selfie.


Bradesco Click Conta



O Bradesco também oferece o serviço aos filhos de clientes.


A Click Conta tem diversos serviços gratuitos e também pode ser feita através da internet.


Nela, o menor pode fazer investimentos em renda fixa e poupança, outro diferencial é que os pais podem monitorar a conta.


Quer ficar por dentro das melhores opções de investimento?


Continue acompanhando o Se Torne Investidor para mais dicas sobre finanças!







0/Deixe seu comentário

Agradecemos sua mensagem!

Em breve responderemos! 😉