3 melhores investimentos para iniciantes com pouco dinheiro

várias moedas de 1 real

Conteúdo



Conheça os melhores investimentos para iniciantes com pouco dinheiro!


Algumas pessoas imaginam que fazer investimento é algo extremamente complicado e só pessoas ricas conseguem fazer bons negócios.


Na verdade, isso é um mito!


Há excelentes opções no mercado financeiro como os CDBs, por exemplo, que rendem bem mais que a poupança, são extremamente seguros e não há valor mínimo para investir.


Separamos este artigo com os três melhores investimentos para iniciantes com pouco dinheiro para você perder o medo de investir e parar de perder grana com a poupança.


É só continuar com a leitura!






CDB Liquidez Diária



Imagine que você está precisando de dinheiro e vai até o banco, a instituição financeira irá te apresentar algumas opções de empréstimos e para receber essa “ajuda”, você pagará juros.


Certo?


No CDB, é o oposto. É você quem empresta dinheiro aos bancos e eles te pagam juros.


Uma das maiores vantagens do CDB Liquidez diária é que você pode retirar o dinheiro na data que quiser sem perder rendimento.


Em outras palavras os Certificados de Depósito Bancário são títulos de renda fixa que os bancos emitem para financiar suas atividades.


Os rendimentos dos CDBs são normalmente atrelados ao CDI, que por sua vez seguem a taxa DI.


O jeito mais simples de fazer esse investimento é através dos bancos digitais, tendo em vista que alguns deles fazem o investimento de forma automática, mas você também pode recorrer à corretora de valores.


Conheça a rentabilidade dos principais bancos digitais:


  • Nubank 100% do CDI;

  • PicPay 130% do CDI;

  • PagBank 200% do CDI (prazo de três meses);


Vale lembrar que os CDBs são cobertos pelo Fundo Garantidor de Créditos, em outras palavras, se o banco que você emprestou dinheiro falir, você terá a garantia de até R$ 250.000,00.


Os rendimentos dos CDBs são tributados pelo IR e seguem a seguinte tabela:


Período Alíquota

Até 180 dias 22,5%

De 180 a 360 dias 20%

De 360 a 720 dias 17,5%

A partir de 720 dias 15%



Se desejar conhecer mais sobre CDBs, não deixe de ler esse post: Entenda como funciona o CDB




Fundos de Investimentos



Os fundos de investimentos são uma excelente opção para quem quer praticidade na hora de investir. É uma espécie de carteira feita por um especialista e nela contém vários tipos de investimentos e funciona como uma espécie de um condomínio, são vários participantes e cada um entra com sua cota, recebe de acordo com a quantidade de cotas, assim como paga as taxas de administração.


A grande vantagem desse tipo de investimento é que você terá renda variável em uma carteira diversificada e contará com o expertises de um gestor que realmente entende do mercado financeiro.


É importante lembrar que sempre há riscos quando o assunto são rendas variáveis, porém normalmente na média anual, esse tipo de investimento supera os ganhos em renda fixa como CDBs, por exemplo.


Para aplicar seu dinheiro em fundos de investimentos, é necessário abrir conta em uma corretora de valores, também é essencial verificar se a instituição é realmente segura para evitar possíveis fraudes.


É cobrado alíquota de Imposto de Renda, calculadas conforme o tempo de investimento:


Período Alíquota

Até 180 dias 22,5%

De 181 a 360 dias 20%

De 361 a 720 dias 17,5%

Acima de 720 dias 15%



Também são cobrados taxas de administração, performance e saída que variam de acordo com o emissor e investimento.


Invista nos melhores fundos com taxa ZERO: abra uma conta gratuita na Stin3!



Fundos Imobiliários



Os fundos imobiliários, na verdade, são uma das modalidades de fundos de investimentos.


Você sempre sonhou em ter imóveis, alugá-los e viver dessa renda?


Nesse tipo de investimento você não precisa comprar terreno, construir, colocar para alugar e ter todas aquelas dores de cabeça e gastos.


Você investe em uma cota de fundos imobiliários e logo começa a receber os ganhos referentes aos aluguéis dos imóveis, que podem ser shoppings, prédios comerciais, dentre outros.


Para conhecer mais sobre os fundos imobiliários, leia esse post: Como funcionam os Fundos Imobiliários?


Recomendamos que você tenha uma carteira diversificada, ou em outras palavras, que invista tanto em renda variável quanto em fixa, dessa forma conseguirá obter maiores ganhos e não ficará “na mão”, caso precise de dinheiro para uma emergência.



Gostou do conteúdo?


Compartilhe com os seus amigos!



Continue acompanhando o Se Torne Investidor para mais dicas sobre finanças!



0/Deixe seu comentário

Agradecemos sua mensagem!

Em breve responderemos! 😉