O que é e como funciona a bolsa de valores?

gráficos da bolsa de valores mostrados na tela

Quando o assunto é bolsa de valores muita gente treme na base, não tem noção nenhuma e pensa ser algo extremamente difícil, que só as pessoas que trabalham na área, como os economistas por exemplo, que sabem mexer nela.


Nesse post eu vou te mostrar que não é bem assim. Todo brasileiro que possui um dinheirinho, por mais simbólico que seja, do seu salário, de algum bico ou de renda extra, deve investir na bolsa para poder aumentar seu capital. 


Existem ações por exemplo que custam 10 reais.




Invista nas melhores ações com taxa ZERO: abra uma conta gratuita na Stin3!




O que é a bolsa de valores?



Consiste em um ambiente de negociações de valores mobiliários, como por exemplo as ações, títulos públicos e commodities. Na bolsa você pode tanto comprar e ir recebendo os dividendos, que são os proventos que aquela empresa compartilha com seus sócios acionistas, e nunca vender o que comprou, e assim ir vivendo de renda, ou pode comprar, esperar valorizar o que você comprou por um preço mais baixo e vender em um preço mais alto.


Para muita gente, a bolsa de valores além de ser esse espaço de negociação, é uma verdadeira maneira de ganhar a vida, de ter sua independência financeira e muitas vezes nem precisar trabalhar mais em outro lugar. Depender de aposentadoria hoje já é bem difícil, enquanto criar a sua própria aposentadoria com seus investimentos na bolsa pode parecer bem mais vantajoso.


A bolsa também tem como função, estabelecer regras para as negociações, de modo a deixar tudo muito transparente e seguro, para qualquer parte envolvida. A nossa bolsa de valores brasileira é a BM&FBovespa.



Como funciona a bolsa de valores?



Esse mercado de negociação de ativos é extremamente grande, há espaço para todo mundo. O que escutamos mais no dia a dia no que se refere a bolsa, são as ações, que é o ativo mais popular - ação é uma parte pequena de determinada empresa, de determinado segmento e quando você compra uma ação, se torna acionista daquela empresa, como se fosse um pequeno sócio do negócio. Já imaginou você por exemplo sócio da Alô Ambev? (ação da Ambev = ABEV3).


Os números na bolsa de valores variam a todo momento, sobem e descem, por isso é importante analisar bem o que você deseja comprar e ter ciência dessa questão de as vezes sua carteira de investimento estar valorizada, no outro dia pode cair quase que drasticamente todos seus investimentos e assim por diante, ou seja, há muito risco na bolsa, por isso é preciso estudar sobre o mercado e ter plena consciência que você vai perder dinheiro, mas depois vai ganhar de novo, mas saiba que só há lucro ou prejuízo se você vender as ações, se você ver o preço das ações cair abaixo do valor que você pagou, não se desespere, veja se a empresa continua sendo atrativa para você, se ela for, continue com a ação porque pode ser que ela retorne ao preço de antes com o passar do tempo e aquele "prejuízo" poderá virar um lucro.






Como investir na bolsa de valores sendo iniciante?




Não vou te passar quais devem ser seus investimentos, mas sim o passo a passo para não se perder na hora de investir, contudo, só a título de exemplo, essas são algumas das ações que vale dar uma pesquisada para dar o início nos seus estudos sobre investimentos na bolsa de valores: PETR4, ITUB4, BBAS3, ITSA4... (não é recomendação!)


Além das ações, na bolsa também há Fundos Imobiliários e ativos de renda fixa, como os títulos do Tesouro.


Para poder começar a investir na bolsa, e agora meu papo é com os investidores iniciantes, é preciso abrir uma conta em uma corretora de valores, dentre algumas pode-se citar: Stin3, Rico, Modalmais, Clear, C6 Bank, CM Capital, Banco Inter, XP Investimentos, Nu invest (Easynvest), Toro investimentos, BTG Pactual, etc.


Depois de concluído seu cadastro você passa a ter acesso a um mundo de oportunidades e aí basta transferir o dinheiro que você tem disponível para a sua conta na corretora para começar a investir.


Isso tudo pode ser feito pelo celular na maioria das corretoras; você tem acesso a sua carteira de investimentos e extrato, ou seja, é tudo bem simplificado. Muitas corretoras não cobram taxa alguma sequer, enquanto outras cobram a taxa de corretagem que será cobrada a depender do tipo de operação realizada, por isso vale dar uma boa comparada entre as corretoras, o que será mais benéfico para você, antes de fazer conta na primeira corretora que ouvir falar.


Tenho um post que te ensina a escolher uma corretora de investimentos mesmo sendo iniciante.


Agora é o momento de saber qual é o seu tipo de investidor, para confirmar onde você deve investir. Existem testes como esse disponíveis na internet, ou a própria corretora irá te fazer algumas perguntinhas para entender seu perfil. Existem investidores que será melhor ir para a renda fixa, ou seja, algo com mais segurança como um Tesouro Selic, enquanto outros lidam bem com a questão da perda e sabem do risco, então tudo bem essa pessoa ir para o mundo instável das ações.





Como funciona o Home Broker?



Para a galerinha mais arriscada que vai partir para investir em ações, vocês vão utilizar o ambiente Home Broker, que é a parte de negociações da bolsa onde você irá comprar seus papéis.


Depois de já ter estudado e escolhido seu ativo da vez, você irá digitar a sigla da empresa que deseja comprar ações, por qual valor e quantas ações irá comprar. 


  • Exemplo: se quiser comprar ações das Lojas Americanas não é isso que você irá digitar no home broker, mas sim a sigla que é LAME4 (esse código é usado para comprar lotes de 100 ações), e caso deseje comprar de 1 a 99 ações, é só colocar a letra F, exemplo - LAME4F e ir na opção comprar, nesse caso você estará ativando o lote fracionário, que é uma espécie de compra varejo; a questão da letra F vale para todas as ações que vendam partes fracionadas. Será solicitada também a sua assinatura eletrônica para confirmar a compra.


Então é só aguardar a confirmação de que sua ordem foi totalmente executada com sucesso e esse ativo já estará presente na sua carteira de investimentos. É ótimo o fato de que você pode estar em qualquer lugar do país com internet e consegue acessar o home broker.


De início a bolsa de valores para iniciantes pode parecer confusa e complexa, mas deu para perceber que não é nada de outro mundo, comece você agora a investir na bolsa e bora ficar ricos!


Quer entender mais sobre home broker? Assista esse vídeo:




Invista na bolsa de valores com taxa ZERO: abra uma conta gratuita na Stin3!






Continue acompanhando o Se Torne Investidor para mais dicas sobre finanças!








0/Deixe seu comentário

Agradecemos sua mensagem!

Em breve responderemos! 😉