CDI: Tudo o que você precisa saber

três cubinhos de letras com a sigla CDI em cima de uma mesa com teclado e mouse ao fundo

Ao começar a investir em renda fixa muitos investidores se deparam com esta sigla CDI, para matar essa dúvida na segunda linha deste post, vamos lá, CDI significa (Certificado de Depósito Interbancário), mas afinal como funciona esse tal de CDI e porque ele é tão importante para os investimentos de renda fixa? Entenda tudo sobre o CDI neste post.


Entre as incontáveis siglas que permeiam pelo mercado financeiro, o CDI está entre as mais famosas e para piorar a vida do investidor, existem siglas similares como a taxa DI, isso acaba gerando dúvida entre os investidores, principalmente iniciantes.


Para esclarecer todas essas dúvidas, preparei esse guia para você:



O que é CDI


O CDI (Certificado de Depósito Interbancário) é um título de curtíssimo prazo emitido pelos bancos. Podemos dizer que em partes ele se assemelha ao CDB. Isso porque o CDI também é utilizado pelas instituições para captar recursos, para ficar bem fácil a compreensão, o CDI é um CDB entre bancos.


Sendo assim, você não conseguirá investir em CDIs, esse é um investimento feito exclusivamente pelos bancos e instituições financeiras. Como o próprio nome indica, o CDI serve para que os bancos emprestem dinheiro e tomem recursos entre si de um dia para o outro, é uma espécie de micro empréstimo.


A existência do CDI é por causa da regulação do sistema financeiro. O Banco Central determina que os bancos devem encerrar todos os dias com saldo positivo de caixa. É uma medida de segurança que procura assegurar que o sistema financeiro seja estável e esteja saudável.


Ocorre que isso nem sempre acontece. Imagine um banco que, em determinado dia, registre um volume maior de resgates do que de depósitos. As regras estabelecem que esse saldo negativo no final do dia seja obrigatoriamente coberto, a saída para isso é tomar dinheiro emprestado, emitindo um CDI que seja adquirido por outro banco.


Se as pessoas físicas não podem investir em um CDI, porque ele tem a ver com os demais investimentos? A resposta é: os juros.


Nos empréstimos realizados entre os bancos por meio de CDIs há cobrança de juros. As operações são registradas na B3, que calcula a taxa média de juros praticada nos certificados interbancários de todo o mercado financeiro. Essa taxa, divulgada diariamente, é conhecida como “taxa DI” (também chamada de “taxa do CDI”).


Como reflete os juros médios das operações entre os bancos, a taxa DI se tornou uma referência para o restante do mercado financeiro. Mesmo sendo um indicador de base diária, ele também é calculado em base mensal e anual. Atualmente, a taxa DI serve de base para a rentabilidade dos investimentos de renda fixa em geral.


Por esse motivo o CDI se vincula com sua carteira de investimentos. A taxa média de juros cobrada nessas operações é uma referência para outros investimentos de renda fixa. Por isso, é bastante comum que a remuneração oferecida por um CDB por exemplo, seja expressa como um percentual do CDI.


Invista nos melhores investimentos de renda fixa com taxa ZERO e ganhe mais do que a poupançaabra uma conta gratuita na Stin3!


Qual é a relação entre CDI, Selic e taxa DI


Se você chegou neste post deve ter ouvido outras siglas que te geraram uma dúvida na cabeça e provavelmente uma dessas siglas foi a Selic. Abreviação de “Sistema Especial de Liquidação e de Custódia”, a Selic é considerada a taxa básica de juros da economia. Também é usada em operações financeiras realizadas entre os bancos, com uma característica especial: elas envolvem títulos públicos dados como garantia.


Aproximadamente a cada 45 dias, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central se reúne para definir uma meta para a Selic. É a taxa que você encontra periodicamente nas notícias sobre macroeconomia e investimentos. Mas a taxa Selic efetiva é a que realmente acaba sendo praticada no mercado – e normalmente ela está ligeiramente abaixo da meta.


Como meta da Selic é definida para servir como uma espécie de ponto de equilíbrio da economia, o usual é que essa taxa e a taxa DI caminhem próximas. Isso porque os próprios empréstimos entre bancos feitos por meio de CDIs também consideram a Selic como referência. Por isso, embora as duas taxas não sejam idênticas, ambas seguem a mesma tendência e direção.


O que significa render 100% do CDI


Diversos investimentos oferecem rendimentos atrelados à taxa DI. Geralmente esse rendimento é expresso com um percentual. Quando você vê um CDB que oferece 100% do CDI, significa que ele irá assegurar ao investidor um retorno equivalente à taxa média dos empréstimos realizados entre os bancos.


Sendo assim, se a taxa DI subir durante o período do investimento, o retorno final para o investidor também subirá, se cair, o rendimento diminuirá também.


Investimentos que utilizam esse tipo de remuneração são chamados de pós-fixados, isso porque embora o investidor saiba desde o início qual indicador econômico será utilizado (nesse caso o CDI), o investidor nunca terá a certeza do valor que irá receber, devido o CDI mudar de valor constantemente.


Invista nos melhores investimentos de renda fixa com taxa ZERO e ganhe mais do que a poupançaabra uma conta gratuita na Stin3!


Agora que você entendeu o que é o CDI, poderá utilizá-lo a seu favor, geralmente os investimentos que utilizam esse indicador como referência, são os investimentos de renda fixa, que na maior parte das vezes são utilizados para compor a parte mais segura da carteira de investimentos ou são os primeiros investimentos que uma pessoa faz quando entra no mercado financeiro, devido a facilidade e simplicidade.


Aproveite esse novo conhecimento e dê seu primeiro passo para começar a investir, não tenha medo, basta pesquisar bem e estudar sobre o assunto que você conseguirá. Para te ajudar a começar, preparei estes posts para você.


Espero ter ajudado, te desejo sucesso!




Continue acompanhando o Se Torne Investidor para mais dicas sobre finanças!






0/Deixe seu comentário

Agradecemos sua mensagem!

Em breve responderemos! 😉