Como sair das dívidas e começar a investir?

Dívidas é um assunto que ninguém gosta de dividir, muito menos de pensar, mas, é uma realidade na vida de muitos e não é preciso ter vergonha disso! Descubra como sair das dívidas e começar a investir a partir de agora

calculadora com moedas e gráfico em volta

Estar com dívidas infelizmente é a realidade de muitos brasileiros atualmente, o cenário da pandemia e o alto índice de desemprego só potencializaram este cenário de endividados, atualmente mais de 62 milhões de brasileiros estão inadimplentes, segundo o Serasa, e metade tem a renda inteira comprometida. 


Contas atrasadas e boletos se multiplicando fazem parte da realidade de 62 milhões de brasileiros, isto é um número muito preocupante! 


É comum quando estamos apertados financeiramente, completamente no vermelho, procurar um culpado ou uma causa para o problema atual, mas quase sempre erramos no culpado e isto resulta em várias idas e voltas na mesma situação.


Parece que estamos correndo em cima de sabão! Não é verdade?


Há momentos em que consideramos que a única saída para determinada situação é apelar para um empréstimo, para o crédito consignado ou usar o limite do cartão e do cheque especial.


Mas esta "solução" na verdade esta disfarçada porque na real das contas é um grande problema, porque estas ferramentas de crédito, vão te cobrar os maiores juros do mundo e na maioria dos casos vai mais te apertar do que ajudar.


Mas também sabemos que se tornar um devedor não deixa ninguém feliz. E que decisões como essa podem nos fazer entrar numa tremenda fria: os juros. 


São eles os grandes vilões dos empréstimos e normalmente é por causa deles que acabamos por nos endividar ainda mais.


No entanto, há sempre uma saída, e para chegar até ela você precisa aprender como controlar os gastos ao mesmo tempo que paga as suas dívidas e começa a se organizar para fazer seus primeiros investimentos.





Como controlar os gastos?


pessoa com uma caneta na mão olhando para uma planilha


Controlar gastos não é apenas anotar tudo no caderno ou fazer a famosa planilha financeira, o mais essencial e posso dizer que é o primeiro passo é:


1. Assumir a responsabilidade pela dívida 



Na maioria dos casos de endividamento, o devedor nega sua situação e até esconde da família. 


Esse comportamento é extremamente negativo e perigoso porque dificulta a solução do problema, oculta a verdadeira causa do problema e limita suas opções de auxílio. 

Se ninguém sabe que você deve, ninguém pode te ajudar. Assumir a responsabilidade também ajuda a não contrair dívidas novamente no futuro.


2. Mapeie suas despesas



Anote os gastos mensais e separe entre:


  • Despesas essenciais: são aquelas que ocorrem todo mês e você não pode controlar, exemplo: água, luz, gás, etc...

  • Despesas supérfluas: são aquelas que podem ser cortadas ou reduzidas, exemplo: passeios, compras, cartão de crédito, assinaturas, etc...


É importante fazer este mapeamento, para descobrir quais são as despesas mais fáceis de serem cortadas e quais você precisará negociar ou reduzir.


Cortar gastos é a mesma coisa que cortar unha, precisa ser feito constantemente, sempre vão aparecer despesas desnecessárias e que podem ser evitadas, por isto, fique sempre de olho.


3. Plano de redução



Reduza as despesas mensais no mínimo para 60% da sua renda mensal, para você conseguir liquidar suas dívidas ao mesmo tempo que investe dinheiro, você precisa reduzir as despesas, pois, são estas que consomem todo o dinheiro mensalmente. 


É crucial saber o quanto gasta, se você não saber quanto gasta, dificilmente conseguirá descobrir o que fazer para tampar o buraco. 


O ideal é no mínimo ter a despesa em 60% da renda.


Ter mais que este percentual em despesas, dificulta sua vida, porque quase sempre não sobrará dinheiro para fazer nada.


O ideal de um planejamento financeiro é ter uma quantia para as despesas, mas também ter uma quantia para investimentos e seu lazer, ou seja, seu dinheiro precisa ser bem utilizado!


O problema é que a maioria não sabem bem utilizar o dinheiro, quando cai o salário parece que caiu uma batata quente na mão e logo a pessoa se livra dele e não deve ser assim.


Quando suas despesas passam de 60% da sua renda, você têm apenas duas alternativas, ou você reduz as despesas para o valor delas não representar tanto da sua renda, ou você deverá buscar mais renda, renda extra é um bom exemplo.


Não há segredo para pagar as dívidas, ou você reduz gastos ou faz renda extra!


Por isto saber o valor total dos seus gastos vai ser um dos pontos principais para você conseguir definir uma estratégia financeira.






4. Peça ajuda e negocie



Percorridos os passos anteriores, talvez seja o momento de pedir orientação de um especialista ou de um órgão como o Serasa ou o Procon para, juntos, encontrarem um meio de se livrar das dívidas. 


Eles provavelmente vão avaliar sua situação e agendar um encontro de conciliação com um representante do credor. 


Na maioria dos casos a pendência fica resolvida e sai bem mais barato para quem deve. 


E no caso do Serasa, existe um projeto denominado Limpa Nome Online, cujo objetivo principal é fazer essa negociação de forma rápida e totalmente pela internet.


Além dos feirões limpa nome, você também pode tentar negociar diretamente com a empresa, ligar e mostrar o interesse em resolver a pendência, poderá ser muito positivo e te render bons descontos nas dívida, mas não tenho medo de negociar, eles estão interessados em receber e você em pagar, então não desista até sair um acordo bom para as duas partes.



E agora como faço para ser investidor, se estou pagando as dívidas?


casal assustado com a conta para pagar


Até parece uma utopia, começar a investir enquanto está em dívidas, mas acredite, tudo isto é possível!


Lembra que te falei que é importante saber quanto você gasta e é necessário deixar as despesas no máximo ocupando 60% da sua renda?


Então, isto é importante porque estes 40% que "sobraram" terão alguns destinos interessantes:


  • Separe 15% da sua renda para investir;

  • Separe 10% ou 15% para pagamento da dívida;

  • Separe 10% para gastos supérfluos.


Dividindo o dinheiro desta forma, você conseguirá começar o pagamento das suas dívidas ao mesmo tempo que começa a construir seu "pé de meia" para o futuro.


O nome desta atividade é dar nome ao dinheiro, o dinheiro têm a necessidade de saber para onde vai, porque se você não der um destino para o seu dinheiro, ele irá para o bolso de outra pessoa.


Bom agora, finalmente sobrou uma grana para investir, qual é o próximo passo?





Estudar sobre investimentos e corte de gastos



pessoa jogando moedas e uma planta crescendo em volta delas


Quanto mais formas de investir bem o seu dinheiro você descobrir e aprender melhor, entender bem sobre investimentos, te faz evitar cagadas, reduzir o seu risco ao investir e alcançar bons retornos financeiros.


Também estude formas de cortar gastos, não será fácil reduzir os gastos, mas estudando sobre o assunto e vivenciando a cultura de investimentos no seu dia-a-dia fará com que sua mente programe hábitos que farão com que você gaste de forma inteligente o seu dinheiro e evite desperdícios que na maioria dos casos são os maiores vilões das finanças. 


Mantenha a disciplina



Visto o progresso, muitas pessoas relaxam e com o tempo acabam voltando para o status de devedor, mantenha a disciplina que você verá no passar do tempo que ser investidor é tão mais fácil que se manter devedor.


Não deixe de persistir porque é difícil, se for necessário peça ajuda a alguém, mas não desista, o caminho é difícil mas não é impossível.


Vai ter um momento que será tão legal o momento de investir, que você só desejará estes momentos na sua vida, literalmente investir te faz dormir bem, mas dever te tira o sono.


Aplicando todos estes passos, você caminhará rumo à liberdade financeira, mas isto levará um certo tempo, então nunca desista, se tiver dúvidas pode contar com minha ajuda, eu preparei um vídeo que vai deixar tudo mais claro e vai te ajudar a sair das dívidas e começar a investir.







Espero ter ajudado e te desejo muito sucesso!

0/Deixe seu comentário

Agradecemos sua mensagem!

Em breve responderemos! 😉