Entenda como funciona o novo Serasa Score 2.0

Já era difícil entender o Serasa score 1.0, quanto mais o score 2.0, mas fique tranquilo que neste post você entenderá como funciona o novo Serasa score 2.0 e como ele poderá te auxiliar na aprovação de crédito.

homem com cara de dúvida, ao fundo uma pontuação de score de crédito

O score além de ser uma pontuação que analisa o grau de risco que você poderá gerar para uma instituição financeira, ele é um ótimo indicador para avaliar como está sua vida financeira, porém, o Serasa score tinha muitas falhas, que ocasionava em uma imprecisão nos resultados e muitas vezes quem pagava tudo certinho, acabava tendo uma pontuação do score reduzida e quem não pagava nada, tinha um score alto.


Parece que isso não acontecerá mais!


O novo Serasa score promete ter uma análise mais detalhada e não apresentar estas bizarrices que anteriormente era normal de acontecer. 


O que é o Serasa score 2.0


Nada mais é que a atualização do algoritmo do Serasa que anteriormente tinha alguns critérios de análise e agora passou a analisar mais coisas e com mais detalhes. 


Nessa nova versão o Serasa score, passa a analisar mais o comportamento financeiro e não somente negativações ou contas atrasadas. Agora bons hábitos financeiros geram mais destaque, contas pagas em dia têm mais peso na pontuação de crédito, parece que ter o Cadastro Positivo ativado pode ser uma boa ação neste momento de análise atualizada.


Como o Serasas Score 2.0 é calculado?


A pontuação continua a mesma de 0 a 1000 porém agora, tem mais categorias de risco.


No Serasa score 1.0 era assim:

  • 0 - 300 alto risco de inadimplência
  • 301 - 700 médio risco de inadimplência
  • 701 - 1000 baixo risco de inadimplência

Agora no Serasa score 2.0 é assim:

  • 0 - 300 baixo
  • 301 - 500 regular
  • 501 - 700 bom
  • 701 - 1000 excelente

Sobre os critérios de análise, também houveram alterações, hoje a Inteligência Artificial (algoritmo) do  Serasa score 2.0 considera os seguintes critérios:


Comportamento de consultas: quais foram os resultados gerados após a consulta de uma instituição financeira em seu CPF, em simples palavras, quem vê seu CPF está aprovando crédito ou estão recusando.


Consultas para serviço e crédito: tipos de consultas em seu CPF e frequência em que é solicitado crédito. 


Consultas ao CPF do consumidor podem influenciar de forma positiva ou negativa o Serasa Score 2.0. Aquelas que forem feitas por empresas de serviços, como internet, aluguel e afins podem indicar seu grau de relacionamento com o mercado. Já as consultas feitas por empresas de seguros mostram que você toma precauções em relação à sua vida financeira – o que é considerado positivo. 


Por outro lado, quando há muitas consultas em seu nome feitas por empresas financeiras em um curto intervalo de tempo, isso indica que você está buscando empréstimo ou financiamento, o que acende um “alerta” no mercado, aumenta o risco do crédito em seu CPF e, por consequência, pode fazer a sua pontuação diminuir. Vale destacar que essa oscilação é momentânea, pois o peso dessas consultas em sua pontuação de crédito diminui com o passar do tempo.


Crédito contratado: quantidade de crédito que foi ofertado a você, aqui a relação quantidade de crédito e quantidade de renda, é levado em consideração, ou seja, se o crédito ofertado é muito superior a sua renda ou capacidade de pagamento, poderá afetar sua pontuação do score.


Histórico de dívidas: aqui avalia os últimos 5 anos de dívidas, desde as que estão resolvidas até as ativas que não foram pagas ainda.


Pagamento de crédito: aqui é o histórico de pagamento do crédito que você já teve, ou seja, contratos de crédito, pagamentos de cartões, empréstimos, financiamentos e contratos de crédito finalizados: essas informações são enviadas à Serasa pelos bancos e instituições financeiras nos quais você possui conta.


Pagamento de dívidas: histórico de pagamento de dívidas, aqui também pode entrar os pagamentos do Serasa Turbo, que é um serviço de pagamento de dívidas que influenciam diretamente no score.


Tempo de uso do crédito: aqui o relacionamento com as instituições financeiras conta muito, ou seja, há quanto tempo você é cliente e tempo de uso dos serviços de crédito. 


Cada critério utilizado pelo novo algoritmo do Serasa, possui um peso diferente, vamos ver a diferença de peso entre os critérios do antigo Serasa score e o novo Serasa score 2.0:


Serasa score 1.0:

  • 30,2% histórico de dívidas;
  • 26,4% pagamento de dívidas;
  • 17,4% consulta para serviço de crédito e comportamento das consultas;
  • 13,9% pagamento de crédito;
  • 8,4% tempo de uso do crédito;
  • 3,6% crédito contratado.

Serasa score 2.0:

  • 43,6% pagamento de crédito;
  • 19,3% consulta para serviço de crédito e comportamento das consultas;
  • 13,7% histórico de dívidas;
  • 10,1% tempo de uso do crédito;
  • 7,9% crédito contratado;
  • 5,5% pagamento de dívidas.

Analisando as diferenças entre análises, já é possível notar que o principal critério que aumentará o score a partir de agora será o pagamento de crédito, ou seja, o quão bom pagador você é, quanto mais temo manter em dia o pagamento das suas contas e serviços de crédito, mais pontuação você terá em seu Serasa score.


Como aumentar o Serasa score 2.0?


Analisando os critérios definidos pelo Serasa score 2.0, para você aumentar o score, é imprescindível que você mantenha o pagamento das suas contas em dia e também mantenha seu Cadastro Positivo ativado caso, tenha um bom histórico de pagamentos.


Também evite muitas consultas de serviços de crédito em seu CPF, principalmente em curtos intervalos de tempo, agora como a interpretação destas consultas faz parte de 19,3% da sua pontuação do score, então tenha cautela ao solicitar crédito, evite pedir com muita frequência.


Evitar dívidas e fazer o pagamento das dívidas vencidas, também ajudará, mas esteja ciente que o aumento não será tão significativo comparado com estas duas dicas acima. 


Espero que o assunto Serasa score 2.0 esteja esclarecido para você e sempre pesquise sobre o assunto,, nunca caia em golpes de pagar para aumentar o score, isto não existe!


Somente você poderá aumentar ou diminuir o seu score!



Te agradeço por ter chegado até aqui, te desejo sucesso!




Continue acompanhando o Se Torne Investidor para mais dicas sobre finanças!




0/Deixe seu comentário

Agradecemos sua mensagem!

Em breve responderemos! 😉